Vipe Arquitetura
Vipe Arquitetura
Vipe Arquitetura

Vipe Arquitetura

Espaços funcionais e soluções estéticas contemporâneas marcam o escritório Vipe Arquitetura, projetado pelo proprietário e arquiteto Vitor Pessoa.

Ficha Técnica

  • Arquitetura: Vipe Arquitetura
  • Construção: Vipe Arquitetura - Vitor Pessoa
  • Engenharia Estrutural - Estrutura de Concreto: Tecpro - Engenheiro Marcus Mesquita
  • Projeto de Fundação: Tecpro - Engenheiro Marcus Mesquita
  • Projeto de Iluminação: Vipe Arquitetura - Vitor Pessoa
  • Projeto de Interiores: Vipe Arquitetura - Vitor Pessoa
  • Projeto de Paisagismo: Vipe Arquitetura - Vitor Pessoa
  • Projetos de Instalações Hidráulicas/Elétricas: Tecpro - Engenheiro Marcus Mesquita

Funcionalidade contemporânea

Texto: Nuri Farias

projeto arquitetônico da sede do escritório Vipe Arquitetura, localizada em Manaus/AM, traduz o conceito e a personalidade do arquiteto e proprietário, Vitor Pessoa, que aplica em suas obras funcionalidade espacial aliada à estética contemporânea.

O programa precisava de uma estrutura flexível, visto que o terreno de 450 m² é alugado. Dessa forma, o método construtivo precisava permitir uma possível remoção/reimplantação da edificação. “A solução foi utilizarmos containers marítimos modelo High Cube de 40 pés”, revela o arquiteto.

O diferencial do projeto, assim, é a possibilidade de reaproveitamento de 80% da armação em caso de nova reimplantação. “Temos um segundo elemento que norteou a implantação, visibilidade estrutural, de forma que o container superior ficasse em posição paralela à rua, possibilitando também o acesso dos veículos aos fundos do terreno”, completa o arquiteto.

Concepção corporativa

Após a definição do sistema construtivo, avaliou-se o programa de necessidades e, em seguida, deu-se início à concepção do escritório. Um dos objetivos era conferir à fachada um forte apelo comercial. “Para a composição estética e funcional da fachada, foram utilizados elementos com a madeira, também aplicada na sala de reunião, em formato de brise, objetivando-se também o filtro da insolação direta sobre a esquadria”, descreve Pessoa.

Outro elemento de destaque na entrada são as grandes aberturas com esquadrias envidraçadas, que permitem a entrada de iluminação natural nos ambientes internos, tornando quase nula a necessidade de luz artificial durante o dia.

Eficiência térmica

Na composição do projeto do Vipe Arquitetura, um dos desafios encontrados foi a viabilização de necessidades específicas do container referentes às condições térmicas, já que a capital amazonense encontra-se em uma zona tropical, com significativa umidade e intensidade solar.

“Foram realizados tratamentos com EPS internamente, entre a chapa do container e as paredes em drywall, bem como foi elaborado um sistema de exaustão para a troca de ar entre as paredes e forro”, explica o arquiteto.

Layout funcional

A edificação foi dividida de acordo a necessidade dos ambientes. A parte interna do escritório corresponde ao espaço comercial e funcional, utilizando materiais convencionais como as paredes em drywall e pinturas nas cores brancas e cinza.

No térreo, os ambientes são divididos em sala de espera dos clientes, área de produção, copa e lavabo. Já o piso superior é composto pela sala da diretoria e pela sala de reunião.

Como forma de otimizar os espaços, optou-se pela implantação da escada externa no pavimento inferior, possibilitando o aproveitamento máximo da área da produção.

Projeto de interiores

Para o projeto de interiores do Vipe Arquitetura, foi desenvolvida uma ótica minimalista. Todos os mobiliários foram confeccionados na cor amarela e branca, fazendo referência ao logotipo da empresa.

Nas paredes, foram utilizados quadros contendo imagens dos projetos do escritório, como croquis e desenhos técnicos. Na sala de reuniões, a mesa laqueada amarela sintoniza com o adesivo do mapa mundi, destaque na parede principal.

O material escolhido para o piso foi a madeira sintética, sob o compensado original do container.

Paisagismo

As soluções do projeto paisagístico foram trabalhadas por meio de detalhes em aço, madeira, vidro e vegetação, de modo a minimizar o aspecto industrialista. “O paisagismo tem função fundamental na estética, visto que a vegetação suaviza o ar industrial da estrutura e protege contra a insolação direta sobre o container inferior”, conclui o arquiteto Vitor Pessoa.

Fornecedores desta obra

IluminaçãoPhilips
MobiliárioREHAU
TintaSherwin Williams
RevestimentosEliane
Comunicação visualCoprint
Local:

 AM, Brasil

Área do terreno:450 m2
Área construída:70 m2

Tipo de obra:

Escritórios
Tipologia:Corporativo
Materiais predominantes:Aço / Alumínio / Concreto / Madeira / Vidro
Diferenciais técnicos: Construção econômica / Eficiência Energética/ Sustentabilidade
Ambientes e Aplicações:

Containers

Escritórios corporativos